Incapacidade Administrativa da Oligarquia Ferreira Gomes

O Ceará herda uma herança indesejada da Oligarquia Ferreira Gomes. No caso a violência, que só se agigantou em virtude da incapacidade administrativa, descaso e deboche na hora de tratar assuntos importantes que dizem respeito à segurança pública no Estado.
Hoje vemos uma matéria jornalística publicado pelo jornal O Povo, que diz:

 "Lamentavelmente, o tenebroso e violento assassinato da turista italiana, Gaia Barbara Molinari, em Jericoacoara tem'... Segue um relato sobre a prisão Mirian, turista carioca. Depois vem o relato da violência. '... No caso, o brutal assassinato em um paraíso turístico do Ceará. Como ocorre em todo o Ceará, os casos de violência em Jericoacoara têm sido crescentes.

Em 2011, foi notícia aqui e na imprensa do Sudeste a mobilização de moradores do mais cultuado destino turístico do Ceará contra a escalada da violência no local. À época, já eram muitos os relatos de estupros e abusos sexuais contra moradores e visitantes. Um caso em especial ganhou repercussão.

Em 1º de julho daquele ano, por volta de 22h, dois casais de adolescentes, com idades entre 16 e 17 anos, foram rendidos por três homens armados com facas na Duna do Pôr do Sol. Os quatro foram levados pelos criminosos a um local conhecido como Sítio. Os rapazes foram amarrados, despidos e espancados. As garotas, além de estupradas, tiveram os cabelos cortados."

Enquanto tudo isso o irmão do governador, um arrogante e mal educado se encarregava de trocar insultos e dizer bobagem contra a Policia Militar em vez de procurar soluções inteligentes para o problema que eles mesmos criaram.

A herança está às vistas de todo mundo; agora é necessária uma ação eficaz e urgente. O Ceará aguarda.

Nenhum comentário: